Trabalhando com Estruturas Organizacionais de Rede: Sua Empresa já Pensou Nisto?

Diante de um cenário de competitividade acirrado, onde empresas locais muitas vezes competem com empresas globais em nichos de mercados específicos, a adoção de estratégias de manutenção e/ou de crescimento das organizações através de redes colaborativas é vista com bons olhos. Estas relações interorganizacionais ajudam as empresas a criarem valor, combinando recursos, compartilhando conhecimento, aumentando a sua competitividade no mercado e ganhando acesso a mercados estrangeiros (BARRINGER; HARRISON, 2000). De acordo com uma pesquisa da Coopers e Lybrand (TRENDSETTER BAROMETER, 1998), 48 por cento mais alianças estratégicas estão sendo usadas hoje pelas empresas de crescimento mais rápido da América do … Continuar lendo Trabalhando com Estruturas Organizacionais de Rede: Sua Empresa já Pensou Nisto?

Aprendendo com os Fracassos: O que as Organizações Ambidestras podem nos ensinar?

Artigo: Aprendendo com os Fracassos: O que as Organizações Ambidestras podem nos ensinar?  Publicado pela Revista DOM Ed. 34 da Fundação Dom Cabral em mar/18.  Autor: Luiz Gustavo Vaz de Melo A concorrência já algum tempo deixou de ser local e expandiu suas fronteiras geográficas. É inimaginável, por exemplo, uma empresa têxtil local não considerar em seu planejamento estratégico as tendências referentes às novas tecnologias empregadas no desenvolvimento e confecção de seus tecidos, nos seus canais de vendas e em sua logística operacional. Além de compreender as novas necessidades de seus clientes, mercados e funcionários. Todo este universo de possibilidades, … Continuar lendo Aprendendo com os Fracassos: O que as Organizações Ambidestras podem nos ensinar?

Mundo Bizarro!!

Hoje, depois de um longo tempo, precisei resolver algumas questões pessoais no centro da cidade em Belo Horizonte. Havia pelo menos uns 4 a 5 anos que não andava a pé pelo centro da cidade. Bom, parei o meu carro num estacionamento próximo e como tinha que passar em vários lugares decidi, até por motivos óbvios, seguir a pé. Costumo ser uma pessoa muito observadora e atenta, mas o primeiro fato bizarro que presenciei foi na rua Sapucaí. Caminhando por esta rua me deparei com um aglomerado de pessoas olhando para o alto. Algumas pessoas assustadas, outras sorrindo, outras tirando fotos ou … Continuar lendo Mundo Bizarro!!

D1 – Determinar os resultados para o negócio (Modelo 6D)

D1 – Determinar os resultados para o negócio (Modelo 6D) – Atividades de aprendizagem competem por recursos corporativos com outras áreas, necessidades e oportunidades. Desta forma, aprendizagem precisa gerar valor e este valor precisa ser percebido dentro da organização. Continuar lendo D1 – Determinar os resultados para o negócio (Modelo 6D)

Educação Corporativa

Neste blog falo um pouco sobre a metodologia 6D que visa definir como gerar e acompanhar os resultados sobre um processo de capacitação. Vamos lá, primeiro avaliando a questão abaixo: O que representa um sucesso de uma capacitação? Quando o aprendiz consegue colocar em prática seus conhecimentos adquiridos e melhorar a sua performance e consequentemente da área/empresa. Esta metodologia foi criada por Andrew Jefferson, Roy Pollock e Cal Wick e mostra como transformar o treinamento em resultados para o negócio. Vejo muitas empresas ministrando treinamentos muito mas preocupadas com a em medir os resultados meios da capacitação, ou seja, número … Continuar lendo Educação Corporativa